domingo, 24 de junho de 2012

O Planeta X se aproxima da Terra e já é visível a olhos nús...



sábado, 23 de junho de 2012


Nota Segundo Sol: Esta matéria saiu num jornal Argentino online - elintransigente.com. O redator utilizou equivocadamente o termo Nibiru, porém esclarecemos que Nibiru foi "expulso" do nosso sistema solar, e o que vem é Hercólubus, veja esta publicação: NÃO CONFUNDA: Hercólubus e Nibiru são "coisas" completamente diferentes!
HERCÓLUBUS

Hercólubus (a mesma coisa que Segundo Sol, Planeta X, Nêmesis) é uma Estrela Anã (*), mais visível no infravermelho. Os cientistas chamam-na de Planeta X, Nemesis (a vingança ou a estrela da morte) é o gêmeo solar (pertence portanto ao nosso sistema solar), que volta de tempos em tempos, no plano do eclíptico no qual giram os planetas, e que cada vez mais está sendo visto por pessoas do mundo inteiro, principalmente ao nascer e ao pôr-do-sol. Possui entre 3 a 4 vezes o tamanho de Júpiter.

Nibiru


Nibiru é uma embarcação metálica dos Annunaki de tamanho considerável (bem maior do que a Terra), que estava em órbita ao redor de Hercólubus, e que desde 2009 foi desviada de sua rota, "expulsa" do nosso sistema solar.


Muitos utilizam equivocadamente o termo Nibiru ao se tratar de Hercólubus, talvez essa confusão começou pelo fato que Nibiru estava em órbita de Hercólubus, e no passado, quando de sua aproximação com a Terra, também se aproximava Nibiru, onde existem registros de antigas civilizações (por exemplo Sumérios), sendo Zecharia Sitchin um dos maiores estudiosos dessa civilização que vive em Nibiru (os Annunakis).




Uma vez a cada 3, 600 anos o Planeta X se aproxima do nosso sistema solar, de acordo com cálculos, este planeta sera visível no final do 2012 a simples vista

Planeta X, visível acima do
Sol Nascente- Rússia
18-06-2012
Os russos já não ocultam que o chamado Planeta X ou Nibiru segundo outros, se aproxima da Terra, e suas consequências podem chegar a ser catastróficas.

No céu há um novo objeto, um ponto avermelhado anteriormente só observado por astrônomos, mas após maio de 2012, pode ser visto a simples vista. Este seria o planeta obscuro Nibiru; as probabilidades da existência deste planeta em nosso sistema solar a NASA só o reconheceu em 1982.

Há 5,000 anos os sumérios o nomearam de "Disco Alado" e argumentam que o aparecimento de Nibiru no céu representava ameaça mortal.

A queda dos asteroides na terra já não é relevante, a humanidade espera eventos bem mais grandiosos, a aproximação na Terra de outro planeta, Nibiru, que passará tão perto que ocasionará consequências para toda a humanidade e serão catastróficas já que o Planeta X é muito maior que a Terra, consequentemente, a força gravitacional também é maior.

Esta aproximação ocorrerá no final do 2012 quando os planetas estarão em seu máximo, poderia mudar a rotação da terra ou inverter os pólos, uma nova era de gelo, inundações e extermínio de 2/3 de toda a vida na superfície da terra ou possivelmente de toda humanidade.

Uma vez a cada 3, 600 anos Nibiru se aproxima do nosso sistema solar, de acordo com cálculos, este planeta será visível no final do 2012 a simples vista no hemisfério sul (Antártica) e em 21 de dezembro do 2012, passará próximo da Terra e será visto no céu como um Segundo Sol avermelhado, coincidência ou não, neste dia termina a era no calendário dos Maias, disto bem sabiam os sumérios, como a NASA também o sabe mas em lições de Astronomia não dizer-se-á nada, nem sequer uma palavra sobre Nibiru, recordem deste nome porque está se aproximando; em 1972 Joseph Brady da universidade de Califórnia descreveu que um planeta desconhecido causou distúrbio gravitacional no cometa Halley.

Enviado por Ailton

Bônus:
A CNN divulgou algumas fotos de pessoas celebrando o Solstício de Verão (hemisfério norte), e numa delas:

Um casal celebrando o Solstício em Kokino-Macedônia
Negativo


VEJA TAMBÉM:

Nenhum comentário: